• Follow us

Brasil

Após ameaças a juízes, TJ-RJ vai criar vara especializada em milícia e tráfico

As frequentes ameaças anônimas recebidas pelos juízes de direito do Estado do Rio de Janeiro levaram o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) a decidir criar uma Vara Criminal especializada em casos que envolvam o crime organizado.

Essa Vara vai funcionar no Fórum Central do Rio, no centro da cidade, deve começar a funcionar em junho, vai ter três juízes e deve receber inicialmente 400 processos. "São crimes que envolvem organizações criminosas, corrupção, lavagem de dinheiro, milícia privada e tráfico de drogas", afirmou o presidente do TJ-RJ, desembargador Claudio de Mello Tavares.

Segundo Tavares, 15 juízes estão sob escolta permanente atualmente no Estado do Rio, em função de receberem ameaças. Outros sete têm escolta porque trabalham em varas de execuções penais, e essa proteção é praxe nesses casos.

Juízes de fóruns mais vulneráveis, como Santa Cruz (zona oeste do Rio) e Seropédica (Região Metropolitana), têm sido alvo de ameaças frequentes, disse o desembargador. "São filhos sendo ameaçados, esposas sendo ameaçadas, então vamos criar essa vara para garantir a integridade dos magistrados e dar uma resposta rápida ao crime organizado".

Por isso, processos em que figurem como réus integrantes de milícias ou facções criminosas passarão a tramitar nessa vara especializada, no fórum central, que tem uma estrutura mais adequada para oferecer segurança aos juízes. "Além de trazer proteção aos magistrados, a criação dessa vara vai evitar fuga de presos e invasão de fóruns, além de tornar os processos mais céleres, porque será uma vara exclusiva", afirmou Tavares.

Só poderão ser transferidos para essa vara processos em que ainda não tenha havido coleta de provas, como depoimentos das testemunhas. Após o início dessa etapa o processo não pode mais mudar de vara.

A vara terá três juízes: um titular, responsável por assinar as sentenças, e dois auxiliares, que poderão assinar os despachos durante o processo e serão escolhidos entre magistrados que se ofereçam para atuar nessa vara. Outros dez servidores vão trabalhar na nova vara. O projeto de criação está tramitando na comissão de legislação do TJ-RJ. Em seguida seguirá para votação no Órgão Especial do TJ-RJ, composto por 25 desembargadores. A medida terá de ser aprovada por pelo menos 13, o que o presidente do TJ-RJ considera bastante provável.

comentários Read More



Leave A Comment

More News

Brasil

PF deve facilitar trâmites para quem quer ter 2019-06-18 19:45:00O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira, 18, que, se o Senado derrubar o decreto que flexibiliza a posse e o porte armas, irá

Em CPI, funcionário que denunciou sobrepreço em remédios 2019-06-18 19:38:00Um operador de empilhadeira, responsável pela denúncia que levou à abertura de um inquérito por suspeita de improbidade ad

Paralisação de depósito das Casas André Luiz pode 2019-06-18 18:09:00Um incêndio de grandes proporções atingiu na madrugada desta terça-feira, 18, um depósito da instituiçã

Brasil perde liderança no ranking das melhores universidades 2019-06-18 17:51:00Pela primeira vez, o Brasil não lidera o ranking das mais prestigiadas instituições de ensino superior da América Latina.

Azul: transfere parte das operações do Santos Dumont 2019-06-18 17:48:00Em razão das obras na pista principal do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, a Azul informa que irá transferir parte de suas ope

STJ manda a júri popular acusados pela morte 2019-06-18 16:43:00Por 4 votos a 0, os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiram mandar a júri popular acusados pela morte de 242 na boate

Para Maia, defesa do governo ao decreto de 2019-06-18 16:42:00O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que a defesa do governo de Jair Bolsonaro à aprovação ao decreto que f

Senadores falam em placar 'apertado' para decreto de 2019-06-18 16:26:00O plenário do Senado vai votar, nesta terça-feira, 18, o projeto que tenta anular os efeitos do decreto de armas do presidente Jair Bols

Joice diz que governo terá de atuar com 2019-06-18 16:23:00A líder do governo no Congresso Nacional, deputada federal Joice Hasselmann (PSL), disse nesta terça-feira, 18, que, caso o decreto de a

Aliel Machado (PSB-PR): Decreto de armas foi imposto 2019-06-18 15:42:00O deputado Aliel Machado (PSB-PR), autor do requerimento de convocação do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou nesta ter&cced

'Caveirões aéreos' na mira da Procuradoria 2019-06-18 15:30:00Como instituição de controle externo da atividade policial e sistema prisional, o Ministério Público Federal orienta procu

Câmara inicia audiência com Onyx para discutir decreto 2019-06-18 14:53:00A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara iniciou na tarde desta terça-feira, 18, a audiência p&ua


Disclaimer and Notice:WorldProNews.com is not responsible of these news or any information published on this website.